top of page

Investimento com 20% de retorno anual garantido? É este.

Um dos produtos de poupança ou investimento, como queiram chamar, mais habitualmente falado é o PPR = Plano Poupança Reforma.


Será que faz sentido para mim, com 30 anos de idade estar a pensar nisso? A resposta é sim, claro que sim.


Antes de mais, é importante ter a noção que o PPR, apesar do nome que tem, não serve apenas e só para complemento de reforma, por isso se estão preocupados com o facto de estar a poupar dinheiro que só podem utilizar daqui a muito e muito tempo desenganem-se.

Na prática poderão levantar o dinheiro sempre que necessitarem mas ficarão sujeitos às penalidades de levantamento. No entanto, há uma série de situações em que o podem fazer sem nenhum tipo de penalização, nomeadamente:

  • A partir dos 60 anos de idade;

  • Desemprego de Longo Duração do cliente ou de qualquer membro do agregado familiar;

  • Incapacidade Permanente para o Trabalho do Segurado ou de qualquer membro do agregado familiar;

  • Doença Grave do Segurado ou de qualquer membro do agregado familiar;

  • Amortização de crédito habitação


Especificamente sobre o último ponto, recomendo que vejam esta reportagem do Contas Poupança: https://contaspoupanca.pt/2020/02/26/video-ppr-pode-servir-para-pagar-a-prestacao-da-casa/.


Há uma enormidade de produtos vendidos em todos os bancos e seguradoras, com diferentes tipos de investimento, risco e rendibilidade, como é óbvio, por isso sugiro que vejam o site do vosso banco ou falem com o vosso gestor.


Independentemente do produto, uma coisa é comum: poderão declarar essa poupança quando fazem a vossa declaração anual de IRS e o Estado "devolve" 20% do valor investido, existindo, no entanto, limites por idade. Vejam aqui: https://www.deco.proteste.pt/dinheiro/poupanca-investimento/noticias/como-aproveitar-o-beneficio-fiscal-maximo-do-ppr#


É isso mesmo: têm garantida uma rentabilidade de 20%/ano só pela vantagem fiscal. Possivelmente estarão a perguntar-se o que ganha o Estado com isto. É fácil: incentivam a vossa poupança agora para que não dependam tanto dele (através da Segurança Social) no futuro.


Mas bem, vamos a contas: quão interessante pode realmente ser um PPR em termos de investimento.


Vamos supor que o João tem 30 anos, vai iniciar agora o seu PPR colocando lá 50€/mês e o produto que escolheu tem uma taxa garantida de 2%/ano (acreditem que há por aí bastante melhor que isto). Vamos, para efeitos de exercício, ignorar questões mais complexas como a inflação. Se não sabes o que é a inflação, lê este artigo (https://www.financasdos90.com/post/inflação-o-ladrão-silencioso). Vamos também simular 2 cenários: um em que existem apenas os 50€/mês e outro em que o benefício de IRS de 120€/ano (50€ x 12 meses x 20%) é reinvestido.




Vemos então que os 50€/mês a uma taxa de 2%/ano irão significar mais de 25.000€ aos 60 anos e se reinvestir o valor do benefício fiscal do IRS, o tal ascende a mais de 30.000€, o que é um valor bastante confortável para ter nessa altura.


Os vossos 50€/mês sem os quais conseguiram viver confortavelmente, transformaram-se num investimento de 18.000€ (50€ x 12 meses x 30 anos) que com o acumular de juros se transformam num número substancialmente maior.


Alguns cenários a título de curiosidade:

  • Se investirem 100€/mês, os resultados crescem para 50.000€ ou 60.000€ (respectivamente se não tiverem investido o IRS ou se o tiverem feito)

  • Os mesmos 50€/mês mas com um produto ligeiramente melhor que pague 3% em vez dos 2% e o valor final sobe para 30.000€ ou 36.000€.

  • Uma combinação dos dois pontos anteriores, ou seja, 100€/mês com 3%/ano e o valor final aos 60 anos será de 60.000€ se não investirem o IRS ou 72.000€ se o tiverem feito.

  • Se quiserem um número final com 6 dígitos, 100€/mês, reinvestindo o IRS e uma taxa de 5% chegam lá.

Em resumo, o PPR pode ser uma boa ferramenta de poupança, considerando que os produtos são habitualmente seguros e têm sempre aquele impulso dos 20% "oferecidos" todos os anos que recomendo vivamente que os reinvistam.



0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating

Regista-te e recebe todas as novidades

Obrigado pelo teu registo

bottom of page